Erro na Linha: #3 :: Use of undefined constant SEO_TITLE - assumed 'SEO_TITLE'
/home/sindaspi/public_html/site/sindaspisc/header.inc.php
SEO_TITLE

BLOG SINDASPI-SC


03/09/2019 | Campanha salarial da base pública

Campanha Salarial 2019/2020 - Reunião na Secretaria da Agricultura

Na manhã de ontem aconteceu à reunião para apresentar a proposta de ACT 2019/2020 na Secretaria da Agricultura. E novamente houve o descaso dos negociadores no tratamento com os trabalhadores das empresas Epagri, Cidasc e Ceasa. Mais uma vez a história de limite prudencial voltou a ser ponto de pauta para não conceder aumento salarial.

Quem esperava um novo governo com novas práticas viu novas pessoas com práticas antigas. A mesma conversa de que o estado está com uma dívida de 2 (dois) bilhões e que se der aumento para uma categoria tem que dar para todas as categorias é o que o governo Moises põe em mesa de negociação. Também temos a velha tática do “policial bom e policial mau”, onde o Secretário da agricultura joga a responsabilidade para decisão do Grupo Gestor do Governo (GGG) e diz que ele não tem como decidir sobre os acordos coletivos querendo se posicionar ao lado do trabalhador. Piada!

A proposta do governo é aumento do Vale alimentação para R$ 25,00 (vinte e cinco reais) e auxilio creche para R$ 1.158,00 (um mil cento e cinquenta e oito reais) a partir da assinatura do ACT, ou seja, SEM retroatividade a data base de 1º de maio de 2019. E por outro lado 0% (zero) de reposição salarial e sem a cláusula de Garantia de Emprego que, segundo a Coordenação do Sindaspi/SC é o principal para os trabalhadores.

No entendimento do Sindaspi/SC as reuniões tem que ser em separado individualmente e não com todos os sindicatos. Cada categoria tem suas particularidades e por isso não adianta o trabalhador se basear por informações que outras categorias repassam. O Coordenador Gilmar Espanhol enfatizou que reunião onde todos os sindicatos são chamados é uma tática de falar somente assuntos genéricos deixando de lado as demandas aprovadas em assembleia da nossa base.

O Sindaspi/SC não usa de estratégias de chamar sua base para não falar nada. Enquanto não houver nenhuma proposta descente e com o mínimo de respeito para com os trabalhadores não iremos convocar assembleia. Não estamos aqui para dar palanque ou movimento político para o governo o qual desrespeita os trabalhadores das empresas da Secretaria da Agricultura. A próxima reunião com o Sindaspi/SC está agendada para dia 11 de setembro de 2019 e essa será em separado.

Em tom de ameaça o Sr Carlos Magno enviou um e-mail dizendo que se não atender à proposta do Governo às negociações retornam a estágio inicial. Acesse aqui conteúdo do e-mail. No entendimento da Coordenação do Sindaspi/SC não houve negociação e sim uma tentativa de imposição por parte do Secretário da Agricultura. Sendo que teve sindicatos que queriam sair da reunião e logo chamar sua base em assembleia para dar holofote e palanque ao governo.

Fiquem atentos trabalhadores, o governo pediu 10 (dez dias) de prazo e já se passaram 40 (quarenta) dias. A coordenação do Sindaspi/SC convoca novamente para que sua base se manifeste nos seus locais de trabalho. Vamos fazer uma mobilização exigindo respeito, pois não aceitamos esse tipo de tratamento conosco.

 “SINDICATO É CADA UM DE NÓS!”