Erro na Linha: #3 :: Use of undefined constant SEO_TITLE - assumed 'SEO_TITLE'
/home/sindaspi/public_html/site/sindaspisc/header.inc.php
SEO_TITLE

BLOG SINDASPI-SC


10/12/2019 | Campanha salarial da base pública

Campanha Salarial 2019/2020 - Assembleia Geral Aprova Proposta do Governo

Nos dia 03, 04 e 05 de Dezembro trabalhadores da base do Sindaspi/SC aprovaram em Assembleia Geral a contra proposta do Governo do Estado de Santa Catarina referente ao Acordo Coletivo 2019/2020 das empresas Cidasc e Epagri.

As Assembleias aconteceram nas regiões de São Miguel do Oeste, São Lourenço do Oeste e Palmitos, Chapecó e Xanxerê, Campos Novos e Concordia, Araranguá, Criciúma, Joinville e Jaraguá do Sul, Lages, São Joaquim, Videira, Itajaí e Indaial, Mafra, Canoinhas, Urussanga, Tubarão, Rio do Sul e Ituporanga, Caçador e Florianópolis, conforme Edital.

Depois de várias rodadas de negociações com a Secretaria da Agricultura, Audiências no TRT 12° na instauração de Dissídio Coletivo e reuniões com representantes da Ascidasc e Casacaresc o Sindaspi/SC levou para apreciação em assembleia a contra proposta.

As mudanças principais para o ACT 2019/2020 é o pagamento do INPC data base em 1° de maio de 2019 de 5,07% de reposição salarial, dividido da seguinte maneira: 1,014% a partir da folha de pagamento de Janeiro de 2020 sem retroatividade, 1,521% a partir da folha de pagamento de Fevereiro de 2020 sem retroatividade e 2,535% a partir da folha de pagamento de Abril de 2020 sem retroatividade. O Auxílio Alimentação passa a ser R$ 23,58 a partir de 1° de Março de 2020 sem retroatividade e Auxílio Creche passa a ser R$ 1.132,65.

A Cláusula de Garantia de Emprego depois de muita discussão e argumentação por parte do Sindapi/SC, somente foi concedida depois da Audiência Publica em defesa das Empresas Públicas de santa Catarina, onde o recado foi dado que sem a renovação desse ítem não teria Acordo Coletivo. Portanto a Garantia de Emprego se estende até Abril de 2021, conforme reinvidicação dos Trabalhadores.

A questão do aumento de 0.5% do repasse das empresas para os planos de saúde não se obteve êxito. Deliberação aprovada em assembléia de tirada de pauta no primeiro semestre de 2019. A sugestão dos trabalhadores era que as empresas pagassem 4,5% para a Ascidasc e Casacaresc, e não mais apenas 4%. Esse meio porcento a mais daria um fôlego aos planos de saúde mantendo a qualidade no atendimento amenizando o desgaste financeiro que vem sofrendo.

Não tendo a retroatividade na reposição financeira impacta e muito na vida do trabalhador. O Sindaspi/SC repudia essa estratégia da Secretaria da Agricultura em estender as negociações do ACT para ganhar tempo. Fazendo o trabalhador, de certa forma, pagar o próprio décimo terceiro desde 2016.

O “Governo do Novo” usa velhas estratégias de Governos anteriores massacrando cada vez mais o Trabalhador servidor público do Estado. Temos que questionar se realmente estamos sendo administrados por um novo modelo de Governo ou comandados por pessoas que sempre estiveram no poder e com as mesmas práticas.