Erro na Linha: #3 :: Use of undefined constant SEO_TITLE - assumed 'SEO_TITLE'
/home/sindaspi/public_html/site/sindaspisc/header.inc.php
SEO_TITLE

BLOG SINDASPI-SC


25/09/2017 | Eventos

VIII Congresso do Sindaspi/SC vai debater a Revolução Socialista de 1917 e o Tropeirismo

Evento acontece em Lages, dias 26 e 27 de outubro

O VIII Congresso do Sindaspi/SC será realizado em Lages, dias 26 e 27 de outubro de 2017 e vai abordar o tema da Revolução Socialista de 1917 - Tropeirismo.

Realizado a cada três anos, dessa vez o Congresso vai comemorar duas datas marcantes para os trabalhadores: o aniversário do próprio Sindicato, que completa 29 anos dia 29 de outubro, e o centenário da Revolução Russa de 1917: revolução que trouxe à classe trabalhadora uma nova possibilidade de escrever sua história.

Para estudar esse acontecimento desde a Rússia até o Brasil, particularmente Santa Catarina, o será  analisada a maneira como a sociedade catarinense serrana, que vivenciava o movimento tropeiro naquele momento, recebeu as informações que chegavam do oriente e reagiu às influências da Grande Revolução.
O evento tem como público alvo os sócios do Sindaspi/SC e comunidades da região serrana, especialmente, e a programação é composta de palestras, debates e atividades de caráter organizativo e cultural. 

Para palestras e debates estão confirmados nomes de Vilson Santin (MST), de Geraldo Locks (Professor e Doutor em Antropologia Social) e Jô Antunes (doutoranda na Uniplac), Giovanni Frizzo (Doutor em Ciências do Movimento Humano), de Bernardo Joffily (jornalista e escritor), Prudente José Silveira Mello (advogado e doutor em Ciências Jurídicas) e Fabiano Teixeira (Mestre em História) e para a parte cultural farão parte artistas da região como Grilo e Testa, Grupo teatral Circula-dô e Grupo Recomendadores de Almas.
Para ambientar os participantes ao tema o clima será de acampamento tropeiro, com produção das refeições de modo coletivo,mas também haverá hotel para quem preferir.

Os Congressos do Sindaspi/SC tornaram-se parte das atividades regulares desde 1996, e sempre se pautaram na definição de políticas de intervenção junto às bases no sentido de valorização dos trabalhadores, suas instituições e organizações aos quais estão vinculados.

 

Veja a programação