Erro na Linha: #3 :: Use of undefined constant SEO_TITLE - assumed 'SEO_TITLE'
/home/sindaspi/public_html/site/sindaspisc/header.inc.php
SEO_TITLE

BLOG SINDASPI-SC


22/10/2015 | Geral

Utilidade Pública: Defesa Civil alerta para o risco de inundações e deslizamentos de terra em SC

A incessante chuva no Estado aumenta ainda mais preopcupações aos catarinenses.
Abaixo reproduzimos matéria com informes detalhados da Defesa Civil de SC, em que especifica as condições e níveis de rios, possibilidades de desmoronamento de terras nos municípios do Vale do Itajaí, Meio Oeste, Planalto Sul, Litoral Sul, Litoral Norte e Grande Florianópolis. Também atenta sobre as precauções e cuidados com a saúde e higiene neste momento.
 

Defesa Civil alerta para o risco de inundações e deslizamentos de terra em Santa Catarina

Publicado em Quinta, 22 de Outubro de 2015, 09:17

Santa Catarina registrou grandes volumes de chuva nas últimas 24 horas com acumulado de 100 a 149 mm em algumas cidades. A Defesa Civil alerta para o risco de Inundações, alagamentos e deslizamentos de terra nos municípios no Vale do Itajaí, Meio Oeste, Planalto Sul, Litoral Sul, Litoral Norte e Grande Florianópolis.

Os maiores acumulados de chuva foram registrados em Atalanta 149mm, Ituporanga 133mm, Otacílio Costa 122mm, Petrolândia 108mm, Nova Trento 100mm, Orleans 98mm, Botuverá 98mm, Rio Rufino 96mm Rio do Oeste 96mm, Taió 94mm, Orleans 92mm. Outros municípios que registraram volumes significativos foram Itapema, Chapadão do Lageado, Santa Rosa de Lima, São João Batista, Mirim Doce, Nova Veneza, Joinville, Curitibanos, Concórdia.

Nestas regiões, o solo está saturado e há previsão de continuidade das chuvas nas próximas horas. Conforme a Defesa Civil a chuva de quarta-feira provocou a rápida elevação dos rios, especialmente na Bacia do Rio Itajaí. Há previsão de continuidade de chuva para esta quinta-feira, podendo ocorrer pontuais acima de 60 mm no Estado, o que poderá agravar as inundações destas regiões.

Situação hidrológica das bacias hidrográficas com risco de inundação em SC (atualizado às 7 horas, desta quinta-feira)

Vale do Itajaí

Estão acima da Cota de Emergência os Rios em Taió, Laurentino, Rio do Sul, Botuverá e em Cota de Alerta em Rio do Oeste, Brusque e Blumenau.

Rio do Sul: O Rio está em 9,40m às 07h (22/10) subindo, mas de forma menos acentuada a 9cm/h. Esta situação pode mudar dependendo da ocorrência de chuva na bacia. A Defesa Civil de Rio do Sul está trabalhando com a cota de segurança de 10,50m para uma evacuação segura até 9,50m.

Taió: atingiu a Cota Máxima de 8,57m às 4h da manhã deste domingo (18/10). O Rio está em 7,94 m ás 07hs (22/10), subindo lentamente.

Laurentino: O rio estava em 9,39m às 07hs (22/10), subindo 0,5cm/h.

Rio do Oeste: atingiu a Cota Máxima de 8,29m às 3h da manhã de domingo (18/10). O rio está em 8,20 às 07hs (22/10), subindo 5cm/h.

Botuverá: O rio está em 5,73 às 22:40 (21/10) cota de emergência, mas baixando.

Brusque: A Defesa Civil de Brusque alerta que no momento o rio Itajaí-Mirim encontra-se estável na cidade de Brusque, oscilando entre as cotas de 7,70 e 7,73 metros, indicando uma leve tendência de redução de nível. Porém em virtude das ocorridas durante esta noite em Brusque, Botuverá e Vidal Ramos, deverá ocorrer um novo incremento ao nível ao que tudo indica continuando dentro da margem de projeção entre 7,60 e 8,60 metros. Ainda assim está se realizando o acompanhamento constante da situação nos municípios. Com isso as atualizações até a ocorrência de novas informações serão menos constantes.

Itajaí: A Defesa Civil informa que o município de Itajaí encontra-se em estado de alerta, devido ao nível do Rio Itajaí-Mirim na cidade de Brusque que atingiu a cota de 7,73 metros às 03h20 - (Fonte: Defesa Civil de Brusque). Consulte a listagem de ruas com maior probabilidade de sofrerem alagamentos durante o dia de hoje. www.defesacivil.itajai.sc.gov.br

Litoral Norte

Joinville - O Rio Itapocu está cheio e nas últimas 3 horas choveram 49 mm em Joinville. A chuva deve se manter persistente nas próximas horas. O pico da maré alta em São Francisco do Sul será de 1.6m às 10:51 desta quinta-feira.

Vale do Itapocu: O Rio Itapocú em Corupá está em cota de alerta com risco de inundações para Corupá, Jaraguá do Sul e Guaramirim.

 

Itajaí: A Defesa Civil de Itajaí informa que o município encontra-se em estado de alerta devido a projeção de nível do Rio Itajaí-Mirim realizada para a cidade de Brusque (7,80 a 8,60 m entre as 02 e 04 horas - Fonte: Defesa Civil de Brusque) na qual poderão ocasionar alagamentos nas áreas mais baixas dos bairros Bambuzal, Cidade Nova (Áreas Ribeirinhas), Carvalho, Canhanduba (próximo a Rua João Dalmolin) e Dom Bosco (próximo à ponte da Jacob Ardigó e Residencial Itamirim).

 

Planalto Norte

Três Barras: o rio está em Cota de Alerta. Leitura de 22/10 - 07h - 6,78m - baixando.

Porto União: Leitura de 22/10 - 07h - 5,55 m - baixando.

Planalto Sul - 22/10/2015

Otacílio Costa: o rio Canoas está em cota de emergência. Leitura de 22/10 - 07h - 8,29m - subindo.

Recomendações da Defesa Civil SC:

Tempestades com descargas elétricas (raios), vento e granizo: Permanecer em local seguro e não transitar em locais abertos, próximo a árvores, placas publicitárias ou objetos que possam ser arremessados. Se houver granizo é aconselhável que as pessoas se protejam em lugares com boas coberturas, ao exemplo dos banheiros das residências, fechar janelas e portas, e não manusear nenhum equipamento elétrico ou telefone devido aos raios e relâmpagos.

Inundações/Alagamentos: Evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Evitar transitar em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

Deslizamentos de terra: deve ser observada qualquer movimento de terra ou rochas próximas a suas residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil municipal ou o Corpo de Bombeiros.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros, no número 193. A Defesa Civil do Estado conta com atendimento de 24 horas, com equipes de prontidão. O telefone para contato é o (48) 3664-7056.

Por: Paulo Cesar Santos - Assessoria de Imprensa 
Fonte: Secretaria de Estado da Defesa Civil