Erro na Linha: #3 :: Use of undefined constant SEO_TITLE - assumed 'SEO_TITLE'
/home/sindaspi/public_html/site/sindaspisc/header.inc.php
SEO_TITLE

BLOG SINDASPI-SC


13/02/2014 | Movimentos Sindicais

Servidores da FATMA em GREVE a partir do dia 13

Na quinta-feira (13), os servidores da Fundação do Meio Ambiente de SC (Fatma) entram em GREVE por tempo indeterminado, em todo o Estado. A decisão foi tomada em Assembleia Geral dos servidores no último dia 7 para cobrar do governador Raimundo Colombo o cumprimento da lei da DATA-BASE (15695/2011) por meio da reposição das perdas salariais acumuladas por conta da inflação nos anos de 2012 e 2013; a extensão do incentivo chamado PRÓ-EFICIÊNCIA - concedido apenas aos servidores das Secretarias de Administração, Fazenda e do IPREV - e também para exigir melhores condições de trabalho, melhor estrutura da Fundação e uma política séria para o meio ambiente no Estado. De acordo com os servidores, no órgão não há nem uma gerência responsável sobre áreas contaminadas, o que hoje é um requisito para a política ambiental no País.

 

Desde o dia 10, houve paralisação de duas a três horas em todas as regionais do órgão. É possível que o representante da Coordenação Executiva de Negociação e Relações do Estado de SC (Coner), Décio Vargas, receba uma comissão de servidores e representante do SINTESPE em audiência, ainda na quinta-feira (13).

 

Há uma programação de mobilização estadual incluindo a distribuição de uma carta aberta à sociedade catarinense, explicando os motivos do movimento paredista.

 

 

Categorias estão em ESTADO DE GREVE desde Agosto

O fato de o Governo Colombo não cumprir a lei 15695/2011,em janeiro de 2013 e de 2014, gerou perda superior a 40% nos salários dos servidores. Ainda, se depender apenas da vontade do governador, conforme  o pacote de leis do Executivo aprovado na Alesc em dezembro, a DATA-BASE pode voltar a ser negociada somente em 2017. Algo inaceitável e que vai resultar em perdas superiores a 80% nos salários da maioria dos trabalhadores no serviço público.

 

Com objetivo de cobrar o cumprimento da lei 15695/2011, desde agosto os servidores das Secretarias, Autarquias e Fundações estaduais estão em ESTADO DE GREVE. Por conta disso, assim como os servidores da FATMA, os servidores do IMETRO, DEINFRA, DETER e Secretaria de Justiça e Cidadania podem decidir por GREVE em assembleia a qualquer momento. 

 
Fonte: Sintespe