Erro na Linha: #3 :: Use of undefined constant SEO_TITLE - assumed 'SEO_TITLE'
/home/sindaspi/public_html/site/sindaspisc/header.inc.php
SEO_TITLE

BLOG SINDASPI-SC


09/05/2013 | Movimentos Sociais

Marcha dos Catarinenses denuncia descaso com políticas Públicas do Governo Colombo


A IV Marcha dos Catarinenses vai acontecer em Florianópolis, com concentração 

a partir das 14 horas em frente a Assembleia Legislativa.


O movimento social e sindical do Campo e da cidade do Estado de Santa Catarina, vão às ruas no dia 08 de maio, em Florianópolis  para cobrar do governo melhores políticas públicas capazes de enfrentar as demandas da sociedade catarinense.

Assegurar o acesso da população às políticas públicas é um dever do Estado, seja do âmbito federal, estadual ou municipal, garantido pela Constituição Federal. Em Santa Catarina os direitos sociais fundamentais garantidos constitucionalmente, não estão sendo cumpridos por parte do governo estadual.

 

É histórica e longa a crise que passa os serviços públicos do estado, que deveriam ser gratuito e de qualidade, sobretudo nas áreas da saúde, da educação e da segurança. Os últimos governos que administraram o estado aprofundaram o sucateamento e a omissão com as políticas públicas.

 

Estamos com um governo fraco, que apesar de todas as suas alianças e acordos políticos, não consegue solucionar problemas simples e deixa o estado numa grande situação de caos. Há prédios de escolas caindo, filas intermináveis nos hospitais, falta de medicamentos, servidores/as mal remunerados, rebelião nos presídios e insegurança nas ruas.

 

É impossível nos calarmos diante de um descaso tão grande para com todos os catarinenses! Raimundo Colombo que se elegeu com o jargão As pessoas em primeiro lugar, esta envergonhando o povo catarinense, com sua falta de compromisso e apatia frente os problemas que se acumulam e precarizam as condições de vida do povo catarinense.

 

Por isso, a Marcha dos Catarinenses, que esta na sua quarta edição, vai ás ruas com trabalhadores, estudantes e militantes dos movimentos sociais de todo estado, para exigir uma postura firme do governo estadual. ?A Marcha é um momento que mostramos para a sociedade a nossa indignação frente ao descaso com as políticas públicas. Neste ano denunciamos a precarização com o setor da saúde, educação e segurança e a desvalorização dos servidores estaduais. Exigimos uma outra postura de Raimundo Colombo e vamos às ruas, mostrar nossa força?, ressaltou Aldoir Kraemer, Coordenador da CMS (Coordenação dos Movimentos Sociais) que é a entidade que organiza as Marcha dos Catarinenses.   



Fonte: CUT/SC  - Silvia Medeiros