Erro na Linha: #3 :: Use of undefined constant SEO_TITLE - assumed 'SEO_TITLE'
/home/sindaspi/public_html/site/sindaspisc/header.inc.php
SEO_TITLE

BLOG SINDASPI-SC


06/02/2018 | Notícias Base Pública Epagri e Cidasc

Comando Unificado dos Sindicatos tem reunião na Secretaria de Agricultura neste dia 7

Nesta quarta-feira, dia 7, às 14 horas, dirigentes do Sindaspi/SC participam de reunião entre Sindicatos dos Trabalhadores nas empresas públicas da agricultura, Secretário Adjunto de Agricultura e Pesca de SC, Airton Spies, e diretores das empresas para tratar das negociações da Campanha Salarial. O titular da pasta, Moacir Sopelsa, está em férias. A reunião faz parte do calendário das negociações do Comando Unificado dos Sindicatos foi agendada em dezembro passado, quando algumas entidades entregaram uma pré-pauta de reivindicações ao Secretário.
A coordenação do Sindaspi/SC  aguarda uma posição sobre o que o governo tem a oferecer para então decidir as ações da Campanha junto com a categoria e chama atenção que todos os anos reúne-se com a categoria, faz assembleias e entrega a pauta. Por sua vez, a direção das empresas e o governo sempre demoram em responder e quando respondem, ignoram nossa pauta. 

Essa luta se faz em defesa do que é direito da população catarinense que só tem a ganhar quando são valorizados os servidores, serviços públicos e as politicas públicas de pesquisa, extensão e sanidade no setor agrícola, que garantem 30% da economia no Estado.
Mesmo sendo um ano em que a classe trabalhadora precisará de energias redobradas é possível mudar o jogo e a cooperação de todos companheiros é essencial pra isso! Fique atento a novas informações.
A coordenação do Sindaspi/SC  aguarda uma posição sobre o que o governo tem a oferecer para então decidir as ações da Campanha junto com a categoria e chama atenção que todos os anos reúne-se com a categoria, faz assembleias e entrega a pauta. Por sua vez, a direção das empresas e o governo sempre demoram em responder e quando respondem, ignoram nossa pauta. 

Essa luta se faz em defesa do que é direito da população catarinense que só tem a ganhar quando são valorizados os servidores, serviços públicos e as politicas públicas de pesquisa, extensão e sanidade no setor agrícola, que garantem 30% da economia no Estado.
Mesmo sendo um ano em que a classe trabalhadora precisará de energias redobradas é possível mudar o jogo e a cooperação de todos companheiros é essencial pra isso! Fique atento a novas informações.