Erro na Linha: #3 :: Use of undefined constant SEO_TITLE - assumed 'SEO_TITLE'
/home/sindaspi/public_html/site/sindaspisc/header.inc.php
SEO_TITLE

BLOG SINDASPI-SC


16/03/2017 | Notícias Base Pública Epagri e Cidasc

Entrega das pautas dos trabalhadores na Agricultura revela o verdadeiro negociador desta CS

Nesta quarta-feira, 15 de março, o Sindaspi/SC, juntamente com representantes de alguns sindicados que compõem o Comando Unificado, protocolou a pauta de reivindicações dos trabalhadores na Agricultura, nas empresas Epagri, Cidasc e na Secretaria da Agricultura.

 

Na Epagri, com a ausência do presidente Ademir Hessmann, os sindicatos conversaram com o diretor institucional, Ivan Bacic, que se comprometeu em buscar uma aproximação entre os trabalhadores/sindicatos e a mesa de negociação, pois compreende a importância desta campanha salarial, visto a perdas dos trabalhadores com o não pagamento do retroativo na campanha passada. “Os trabalhadores não estão pedindo nenhum absurdo e vou buscar o apoio da diretoria neste sentido”, disse Bacic.

 

Como na Cidasc, o presidente Enori Barbieri também não se encontrava, os sindicatos conversaram com o diretor institucional da empresa, Rodrigo da Silva Conceição, que também se mostrou favorável a luta dos trabalhadores, embora explicitando as limitações do governo neste momento. Para o diretor Rodrigo, “o  trabalhador na Agricultura vem sendo prejudicado a cada ano, mesmo tendo um papel fundamental na economia do Estado”.   

 

Já a pauta de reivindicações dos trabalhadores na Ceasa foi protocolada na tarde do dia 15. Como o presidente, Agostinho Pauli, não se encontrava na empresa a mesma foi protocolada com a secretária da presidência, Denise Lima, que informou que a mesma será repassada ao presidente no dia 16, quando o mesmo retorna de viagem. O presidente também foi convidado a participar das rodadas de negociação no dia 20 de março no SAESC e no dia 22, na Secretaria da Agricultura às 10 horas e na SRTE/SC às 14 horas.

 

 

Spies disse que sem o posicionamento do CPF não tem como negociar

 

Ao protocolar as pautas de reivindicações na Secretaria da Agricultura, os dirigentes sindicais foram informados que o Secretário Moacir Soplesa também não se encontrava na casa, porém, decidiram aguardar uma brecha na agenda do Secretário Adjunto, Airton Spies, para garantir o quanto antes uma primeira rodada de negociação.

 

Spies informou que enquanto não receber as orientações do CPF (Conselho de Política Financeira) não tem como negociar com os sindicatos. Para o coordenador do Sindaspi/SC, Sergio Ricardo Lima, isso mostra mais uma vez que a negociação salarial está nas mãos de um órgão que sequer senta-se à mesa para negociar. Órgão este que publicou a famigerada resolução 03/2017, que em seu artigo nº 8 suspende a validade das cláusulas do Acordo 2016/2017 a partir de 1º de maio.

 

Ficou agendada, portanto, uma “conversa” com o secretário Spies, já que ele mesmo disse não ter como negociar sem a orientação do CPF, para o dia 22 de março, às 10 horas, na SAR.

 

Continuamos aguardando o posicionamento da SRTE/SC (Superintendência Regional do Trabalho e Emprego) em relação ao nosso pedido de uma reunião de intermediação para a realização da 1º rodada de negociação junto a SRTE/SC, sendo sugerida a data de 22 de março, às 14 horas.

 

 

 

25 de Abril: Mobilização para Assembleia Geral

 

Para o Sindaspi/SC, o posicionamento do secretário Spies deixa claro que o Governo Estadual está empenhado em cumprir com a resolução 03/2017, buscando não avançar nas negociações, de forma a pressionar o trabalhador a assinar uma contraproposta medíocre.

 

Trabalhador: Essa luta é sua!!! Apesar das pressões e ameaças, será à força dos trabalhadores nas suas lutas que definirá a história. Todos juntos! Pra ganhar, tem que lutar!

 

 

Lutamos por:

 

- Reajuste integral do INPC

- Aumento real de 3%

- Garantia de emprego

- Reconhecimento da greve de 2015

- Fortalecimento das empresas

- Revisão do PCCS

- Renovação das cláusulas dos ACTs 2016/2017 até que novo acordo seja firmado

- 22 Vales-Alimentação de R$ 25,00

* As pautas de reivindicações dos trabalhadores Epagri, Cidasc e Ceasa já estão disponíveis em nosso site.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Sindaspi/SC – Jornalista Cristiane Mohr