Erro na Linha: #3 :: Use of undefined constant SEO_TITLE - assumed 'SEO_TITLE'
/home/sindaspi/public_html/site/sindaspisc/header.inc.php
SEO_TITLE

BLOG SINDASPI-SC


05/08/2019 | Geral

O Novo Formato do Sindaspi/SC

Desde novembro de 2017, depois de ser aprovada a Reforma Trabalhista do Governo Temer, sindicatos perderam parte de sua receita por conta do fim da obrigatoriedade do imposto sindical. Essa mudança na legislação trabalhista,  prejudicou e muito a relação Capital/Trabalho. O fim do imposto sindical não veio para acabar com os sindicatos, mas sim, para exterminar o poder de união dos trabalhadores em todo país. Agora, depois de provar que a Reforma Trabalhista não veio para gerar emprego como era propagada, a informalidade e o desemprego continuam.  

Um dos objetivos do governo na época era acabar com o poder financeiro dos sindicatos, deixando os trabalhadores sem ter amparo contra os abusos do patrão. Hoje em dia trabalhadores estão sendo explorados, sofrendo assédio moral, trabalhando em condições precárias e sem garantias de seus direitos que antes eram garantidos. Só que agora está pior, pois está sem a proteção do seu sindicato, fragilizado pela perda da receita do imposto sindical.

Nesse contexto, o Sindaspi/SC vem na contra mão. Desde a aprovação da Reforma trabalhista até hoje, aumentou o número de associados em mais de 250% (duzentos e cinquenta por cento). Este número expressivo é devido a estratégias estabelecidas pela nova coordenação do Sindicato que assumiu em outubro de 2017. As parcerias e contratos estabelecidos no setor Administrativo pelo coordenador Daniel das Neves fizeram a diferença. Planos de saúde, MasterClin mundo de vantagens, entre outros atraem novos associados.

O Sindaspi/SC não deixou e nunca deixará de ser um sindicato combativo e defensor dos direitos dos trabalhadores da sua base. Parcerias e contratos firmados fazem parte do planejamento estratégico para atrair novos associados e garantir a sobrevivência da instituição, frente aos ataques feitos nos últimos anos pelo governo Golpista que se instaurou em nosso país.

Outra fonte de renda são os Acordos Coletivos na base privada. O Setor de Negociação Coletiva administrado pelo coordenador Gilmar Espanhol abriu novos rumos ao Sindaspi/SC. Hoje em dia, os Acordos Coletivos estão padronizados seguindo um método novo de negociação.

Devido à precarização da relação Capital/Trabalho, as empresas se adaptaram ao novo método de negociação, pois a Reforma Trabalhista os deixou sem amparo jurídico. Nessa sacada é que o setor de negociação coletiva entra, garantindo direitos dos trabalhadores perdidos na reforma e aumentando a receita do Sindaspi/SC.

Também está sendo investindo na marca SINDASPI/SC. Site novo, plotagem de veículo e visitas a trabalhadores de empresas privadas e públicas geram novas associações. Tudo isso faz parte desse novo modelo de gestão.

O Sindaspi/SC está completando 31 anos em 2019 e a coordenação trabalha para manter essa história barrando os ataques do governo federal e garantindo a sobrevivência da instituição. Parabenizamos a todos os envolvidos nesse processo de mudança. “SINDICATO É CADA UM DE NÓS!”