Erro na Linha: #3 :: Use of undefined constant SEO_TITLE - assumed 'SEO_TITLE' (this will throw an Error in a future version of PHP)
/home/sindaspi/public_html/site/sindaspisc/header.inc.php
SEO_TITLE

BLOG SINDASPI-SC


15/11/2018 | Campanha salarial da base pública

Secretaria de Agricultura de SC volta a negar reajuste aos trabalhadores das empresas publicas do setor

Audiência de conciliação no TRT/SC entre Sindaspi/SC e representantes das empresas para resolver Dissídio Coletivo

Neste dia 14 de novembro, o coordenador do Sindaspi/SC, Gilmar Espanhol, participou de reunião com o Secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Airton Spies, junto com representantes de outros sindicatos de trabalhadores nas empresas Ceasa, Cidasc e Epagri para tratar do Acordo Coletivo de Trabalho 2018/2019, que ainda não está firmado. O Secretário continuou negando o reajuste de 1,69% e este ano e prometeu conversar sobre o assunto com o governador recém-eleito Carlos Moisés, na próxima segunda-feira, 19. O Secretário afirmou a possibilidade de garantir as cláusulas sociais, mas pretende passar a dívida deste governo com os trabalhadores para o governo seguinte.

O principal motivo alegado para negar o reajuste é o limite de gastos com pessoal no serviço público, imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal que já está quase no limite máximo de 49% da Receita Líquida que der setembro de 2017 a agosto de 2018, acumulou em R$ 21,9 bilhões. No entanto, não estão somados aí os seis bilhões de reais previstos em renúncia fiscal em 2018, montante que ultrapassa os investimentos em saúde e educação, de acordo com a economista do Dieese/SC, Tamara Lopes. .

O também economista e supervisor técnico do Dieese/SC, José Alvaro Cardoso, alerta que essa é a maior recessão registrada da história do Brasil e é preciso que os trabalhadores se organizem na defesa de seus direitos, pois as consequências das crises sempre caem nas costas dos trabalhadores. Aceitar a imposição da Lei de Responsabilidade Fiscal, imposta pelo FMI é uma decisão política, diz. 
 

TRT dá 30 dias para nova audiência
Para resolver tentar o impasse sobre as negociações sobre o ACT com as empresas, nesse dia 13, os coordenadores do Sindaspi/SC, Daniel Nunes das Neves e Gilmar Espanhol, acompanhados da assessora jurídica, Caroline Schwarz de Almeida, participaram de audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho de SC referente ao Dissídio Coletivo ajuizado pelo Sindicato. As empresas procuram aval do Governo para qualquer decisão.

A audiência foi intermediada pelo presidente do TRT/SC , Roberto Basilone Leite, e pelo Procurador do Trabalho, Keilor Mignoni, que propuseram nova audiência dentro de 30 dias. A proposta de esperar 30 dias foi aceita pelos coordenadores sindicais que esperam na oportunidade, ter uma resposta positiva a apresentar à categoria e também ao Poder Judiciário.
Na terça-feira, dia 20, uma nova reunião deve acontecer com o Secretário de Agricultura e o Sindaspi/SC chama a categoria a ficar atenta ao próximo período que será de mobilizações.