Erro na Linha: #3 :: Use of undefined constant SEO_TITLE - assumed 'SEO_TITLE'
/home/sindaspi/public_html/site/sindaspisc/header.inc.php
SEO_TITLE

BLOG SINDASPI-SC


05/05/2017 | Notícias Base Privada

Campanha salarial 2017/18: Sebrae quer repor apenas 1,02% do INPC nos salários dos trabalhadores

Em 1ª reunião de negociação na quinta-feira, dia 4, os coordenadores do Sindaspi/SC, Daniel Nunes das Neves e Sérgio Ricardo de Lima, e do Saesc, Mario César, negaram a contraproposta apresentada pelo Sebrae/SC sobre a pauta de reivindicações dos trabalhadores aprovada em assembleia.


A pauta abrange reposição de 100% de INPC nas cláusulas econômicas (salário, vales refeição e alimentação e auxílio creche/educação) e nos salários são reivindicados os 4,83% referentes aos 50% do INPC devidos na data-base 2016/2017.  Os trabalhadores também querem desconto único mensal de R$ 1,00 na folha referente aos vale-alimentação e também ao vale- refeição; a renegociação do banco de horas e a ampliação do prazo do auxílio creche/educação para filhos de até 204 meses (17 anos).

Os representantes da empresa defenderam a reposição de apenas 1,02% nos salários e vale-refeição e alimentação; a manutenção do desconto de R$ 0,65 por cada vale refeição e alimentação; a manutenção do atual prazo para pagamento do auxílio creche/estudo, assim como negaram a reposição salarial perdida em 2016.

A contraproposta foi considerada absurda pelos dirigentes sindicais. Eles solicitaram que o Sebrae/SC reveja sua posição, pois nesse momento de crise não deve-se penalizar o trabalhador com perdas salariais ou de emprego.  

Os representantes patronais ficaram de estudar novo documento para o ACT e marcar nova rodada de  negociação.


Por: Assessoria de Comunicação do Sindaspi/SC. jornalista: Silvia Agostini Pereira