Erro na Linha: #3 :: Use of undefined constant SEO_TITLE - assumed 'SEO_TITLE'
/home/sindaspi/public_html/site/sindaspisc/header.inc.php
SEO_TITLE

BLOG SINDASPI-SC


18/08/2016 | Trabalho Escravo / Infantil

Exposição que mostra piores formas de trabalho infantil chega a Santa Catarina

Retratar as piores formas de trabalho infantil para que a sociedade exija o cumprimento dos direitos das crianças e adolescentes a fim de garantir um futuro digno e equilibrado a elas. Esse é o objetivo da exposição itinerante “Um Mundo sem Trabalho Infantil”, que será lançada em Santa Catarina nesta quinta-feira (18) durante seminário da Escola Judicial do TRT-SC sobre o tema, a partir das 17h20, no auditório do Ministério Público de Santa Catarina, em Florianópolis.

 

 

foto

 

Elaborada pelo Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem, em parceria com a Comissão de Documentação do Tribunal Superior do Trabalho, a mostra é aberta ao público e pretende divulgar documentos históricos, fotos, cópias de documentos processuais, vídeos, cartilhas e gibis educativos que expõem o atual cenário do trabalho infantil no país, além de mostrar as iniciativas para erradicação do problema.

 

A coordenadora da Comissão de Erradicação do Trabalho Infantil e Estímulo à Aprendizagem, ministra Kátia Arruda, diz que a eliminação do problema é a luta do ano da Comissão e do TST. “É muito importante uma exposição que trate do tema e que chame a sociedade brasileira a repensar essa situação. Precisamos que todos percebam que a exploração de crianças e adolescentes é um grande entrave para o desenvolvimento do país”, enfatizou ela na cerimônia de abertura no TST, em junho.

 

A coordenadora do Programa em Santa Catarina, desembargadora Lourdes Leiria, acredita que a exposição é mais uma iniciativa para ajudar a conscientizar as pessoas de que “o trabalho precoce compromete a educação dos jovens”. Para fazer essa afirmação, ela analisou os dados do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) e constatou que os municípios catarinenses com alta incidência de trabalho infantil, como Novo Horizonte, Leoberto Leal, Saltinho e Paraíso, por exemplo, são os que obtiveram o pior desempenho na educação.


Em Florianópolis, depois do Ministério Público, a exposição será instalada na sede do TRT (Rua Esteves Júnior), no Fórum Trabalhista e na Biblioteca Pública Estadual. Existe ainda a possibilidade de ela ser levada para outros Confira o cronograma abaixo:

 

Data

Local

18 e 19 de agosto

Auditório do Ministério Público Estadual (Rua Bocaiúva, 1750, Centro - Casa do Barão)

23 a 26 de agosto

Tribunal Regional do Trabalho (Rua Esteves Júnior, 395, Centro)

29 de agosto a 9 de setembro

Fórum de Florianópolis (Avenida Beira-Mar Norte, 1588, Centro)

3 a 11 de outubro

Biblioteca Pública Estadual (Rua Tenente Silveira, 343, Centro)


 

Fonte: TRT/SC